Início Esporte

Águia Negra fica no empate com Real Noroeste pela Série D | Notícias de Campo Grande e MS

0

Reprodução/MyCujoo

Águia Negra soma apenas dois pontos e enfrenta o líder fora de casa na próxima rodada

 

A vitória ainda não veio para o Águia Negra na Série D do Campeonato Brasileiro. Em Rio Brilhante, neste sábado (26), o time sul-mato-grossense recebeu o Real Noroeste pela segunda rodada e ficou no 2 a 2 em partida de recuperação, já que os capixabas saíram na frente com gols de Igor Santos e Peixoto e o empate veio antes do intervalo com Gugu e Jonatan.

 

Com o empate, o Águia soma dois pontos e está na sexta posição, enquanto o Real, com quatro, é segundo. Na terceira rodada, o time rio-brilhantense vai enfrentar o Goianésia-GO, quarta-feira (30), às 18h (MS), no Estádio Valdeir Oliveira.

 

Primeiro Tempo

 

O jogo no Estádio Ninho da Águia começou com o Real Noroeste melhor que o time da casa. Depois de pressionar teve uma falta frontal aos sete minutos para abrir o placar. Na cobrança, Igor Santos jogou no ângulo esquerdo do goleiro Lúcio que, estático, viu a bola morrer na rede. Aos 11 minutos quase o empate. Próximo à área, Mário Lúcio ajeitou com o peito para entrada de Adriano, mas o atacante tentou o domínio em vez de bater de primeira e deu chance de defesa para o goleiro José Augusto.

 

Aos 19, o Real aproveitou saída errada do Águia para ampliar. Darlã errou no meio e a bola chegou até o lateral Ailton pela esquerda. O cruzamento do lateral foi perfeito para Peixoto, livre na área, cabecear sem chances para Lúcio, fazendo 2 a 0. Aos 25, foi a vez do Águia chegar ao gol. Adriano fez boa jogada pela esquerda e cruzou por baixo. Na disputa de bola com a zaga e o goleiro, Gugu desviou para o gol, diminuindo a diferença. 

 

O gol desarticulou o time capixaba e o Águia cresceu. O empate quase aconteceu aos 38 minutos em cruzamento de Gugu que Careca quase aproveitou. Aos 42, Rafael Franco cruzou e a zaga jogou para fora antes que Careca pudesse aproveitar. Na cobrança de escanteio de Gugu, Jonatan, de cabeça, venceu o goleiro José Augusto, igualando o marcador antes do intervalo.

 

Segundo Tempo

 

A segunda etapa começou com o Águia Negra buscando a virada e aos seis minutos quase acontece em três chances no mesmo lance. Vigulino lançou Adriano na área, o atacante tirou o goleiro da jogada com toque de cabeça mas, na conclusão, o zagueiro tirou em cima da linha. Na sobra, Gugu bateu e José Augusto defendeu e a bola sobrou para Rafael Franco tentar o gol, mas mais uma vez a zaga desviou, agora para fora.

 

Depois o jogo caiu de rendimento e só aos 37 minutos o Águia ficou perto da virada. Willian cobrou falta pela esquerda e Virgulino, de cabeça, desviou e acertou a trave de José Augusto. Melhor condicionado, o Águia seguiu apertando nos minutos finais. Guilherme, de volta ao time após mais de um ano parado, entrou bem e, em jogada individual pelo meio aos 44 minutos, arriscou de fora da área, mas o goleiro defendeu. Pelo alto, o Águia tentou nos acréscimos, mas não passou pela zaga adversário e o empate em 2 a 2 definiu o jogo.

 



Fonte