Início Esporte

Após garantir necessidade interna, EUA vai compartilhar vacina | Notícias de Campo Grande e MS

0

Os tratamentos ou vacinas contra o novo coronavírus (Covid-19) realizados pelos Estados Unidos, vão ser compartilhados somente depois que as necessidades locais forem atendidas. Esse foi o anúncio do secretário de saúde, Alex Azar, neste segunda-feira (10).

 

“Nossa primeira prioridade, claro, é desenvolver e produzir quantidade suficiente de vacinas e tratamentos seguros e efetivos, aprovados pela FDA (agência reguladora de alimentos e medicamentos dos EUA) para uso nos Estados Unidos”, disse Azar a repórteres durante visita a Taiwan. Há mais de 200 candidatos à vacina da covid-19 em desenvolvimento ao redor do mundo, incluindo mais de 20 na fase em que são testadas em humanos. Segundo a Agência Brasil, o presidente norte-americano, Donald Trump, prometeu que terá uma pronta até o fim do ano, embora geralmente demore anos para desenvolvê-las e testá-las com segurança e efetividade.

 

Azar também disse que a decisão dos Estados Unidos de deixar a Organização Mundial da Saúde (OMS) não significará menos envolvimento de seu país na saúde pública global. “Os Estados Unidos sempre foram e conti

 



Fonte