Início Política

Câmara de Fortaleza e Assembleia retomam trabalhos legislativos – Política

0

A Assembleia Legislativa do Ceará e Câmara Municipal de Fortaleza retomam os trabalhos nesta segunda-feira (1º) com uma composição diferente, após o recesso parlamentar. No Legislativo Estadual, os integrantes da nova Mesa Diretora da Casa para o biênio 2021-2022 tomam posse, em uma sessão que será realizada no formato híbrido e contará com a participação remota do governador Camilo Santana (PT). Lá, os resultados das eleições de 2020 impactaram na reorganização da Casa, e cinco suplentes viraram titulares e um sexto está em exercício. No Parlamento da Capital, a sessão será totalmente virtual, com os vereadores participando de seus gabinetes ou de suas residências. Na ocasião, o prefeito Sarto Nogueira (PDT) lerá a tradicional mensagem do Executivo remotamente, onde deve falar sobre ações de sua administração e de propostas, para um Legislativo formado majoritariamente por aliados, mas com uma oposição maior que a de seu antecessor.

Ambas as sessões de abertura são solenes, e votações de matérias em plenário não estão previstas. No início deste ano, inclusive, a expectativa é que projetos de enfrentamento à pandemia e de recuperação econômica dominem a pauta estadual e municipal, bem como os debates entre parlamentares.

Na Assembleia, o deputado Evandro Leitão (PDT) irá tomar posse como presidente do Poder Legislativo Estadual, e Fernando Santana (PT), que assumiu o comando da Casa desde que Sarto renunciou para assumir a Prefeitura de Fortaleza, deve ser reconduzido ao cargo de 1º vice-presidente.

Também assumirão cargos na Mesa Diretora: o deputado Danniel Oliveira (MDB), como 2º vice-presidente; Antônio Granja (PDT), como 1º secretário; Audic Mota (PSB), 2º secretário; Érika Amorim (PSD), 3ª secretária; e Apóstolo Luiz Henrique (PP), como 4º secretário. O deputado Júlio César Filho segue como líder do Governo Camilo.

Legenda:
Na Câmara, a expectativa é para o anúncio dos presidentes das comissões da Casa

Foto:
José Leomar

Já na Câmara, a nova Diretora já tomou posse em 1º de janeiro, por se tratar de uma nova Legislatura. Lá, o vereador Antônio Henrique segue como presidente da Casa. Os parlamentares também já definiram as lideranças partidárias. Júlio Brizzi (PDT), Sargento Reginauro (Pros), Professor Enilson (Cidadania), Leo Couto (PSB), Wellington Sabóia (PMB), Ana do Aracapé (PL), Priscila Costa (PSC), PPCell (PSD), Adriana do Nossa Cara (Psol), Emanuel Acrízio (PP) e Ronaldo Martins (Republicanos) serão líderes de seus partidos no Legilativo. Dem, PSL, PSDB, Podemos e Rede têm um vereador cada. Rodeado de imbróglios internos, o PT definirá em reunião se Larissa Gaspar segue como líder.

O posicionamento do PT na Câmara, inclusive, ainda é uma incógnita. No fim do ano passado, a Executiva Municipal da legenda decidiu, após votação interna, continuar no campo de oposição à Prefeitura de Fortaleza. No entanto, a decisão foi suspensa pelo diretório estadual. Até agora, ainda não há definição, mas a expectativa é de que a bancada do PT siga mesmo na oposição a Sarto Nogueira.

Além disso, também há expectativa de que as presidências das comissões sejam anunciadas para poder dar início a tramitação de matérias na Câmara de Fortaleza.

Sessões ordinárias

A primeira sessão ordinária para deliberação de matérias na Câmara está prevista para ocorrer amanhã (2), em formato híbrido. Um projeto de resolução da Mesa Diretora, que altera as atividades da Casa durante a pandemia deve ser colocado em pauta. A medida busca permitir que as sessões deliberativas ocorram duas vezes por semana, às terças e quartas-feiras. Atualmente, as sessões plenáras ocorrem apenas nas quartas-feiras.



Quero receber conteúdos exclusivos sobre política




Fonte