Início Esporte

Em ‘bolhas’, Brasileiro de Basquete terá campeões como Botafogo e Corinthians-RS – Esportes

0

A Confederação Brasileira de Basketball (CBB) anunciou que o Campeonato Brasileiro adulto masculino de 2021 será disputado em sistema de bolhas. A novidade foi aprovada pelos clubes na última semana e visa dar mais segurança aos atletas diante dos últimos gráficos da pandemia da covid-19, que cresce praticamente em todo o Brasil e dificulta projeções sobre fevereiro do ano que vem, quando a disputa terá início.

As equipes das Conferências Gerson Victalino e Hélio Rubens Garcia irão se enfrentam em jogos de turno e returno em uma mesma sede, sem mexer no formato da competição. Oitavas de final, quartas e o fase final, chamada de “Final Four”, terão as suas sedes definidas futuramente. O torneio foi antecipado em uma semana, começando em 7 de fevereiro, e tem previsão de encerramento em 30 de maio.

Com 12 equipes de três regiões do País, a competição conta com Botafogo, União Corinthians, de Santa Cruz do Sul (RS), e o Vila Nova, de Goiás, todos com títulos nacionais em sua história. De Santa Catarina, confirmaram presença o Joinville Basquete, o Black Star, Brusque Basquete e Blumenau Basquete. Do Paraná, estão garantidos ADRM Maringá, Londrina Basketball e o NBPG Ponta Grossa, atual campeão do Brasileiro.

No Rio Grande do Sul, o União Corinthians irá voltar ao basquete profissional, mesmo caminho que faz o Vila Nova, de Goiás, que também terá o Vultures Anápolis. Osasco será o representante de São Paulo e o Botafogo fecha a lista no Rio de Janeiro.

A Conferência Gerson Victalino terá a sua sede do turno em Goiânia, com o Vila Nova como anfitrião, entre 7 e 14 de fevereiro. O returno será entre 7 e 14 de março, no Rio de Janeiro, com o Botafogo sendo o mandante.

Já a Conferência Hélio Rubens Garcia terá a cidade de Ponta Grossa (PR) como sede, sendo o NBPG Ponta Grossa como mandante, entre 22 de fevereiro e 1.º de março. O returno será em Brusque (SC), na casa do AD Brusque, entre 22 e 29 de março.

Todas as equipes deverão seguir os protocolos de Retorno ao Esporte estabelecidos pela CBBasketball, em documento publicado pela Área Médica.

Fonte