Início Política

Empresário e político de destaque, José Milton deixa legado para Conselheiro Lafaiete

0

 

Faleceu no início da noite de hoje, 6 de junho, o ex-deputado e ex-prefeito de Conselheiro Lafaiete José Milton de Carvalho Rocha. Com o diagnóstico confirmado para covid-19 no dia 22 de maio, José Milton estava se tratando em casa. No entanto, seu quadro apresentou uma piora, o que levou a sua internação no Hospital e Maternidade São José (HMSJ) no dia 27. No dia seguinte, ele apresentou queda na saturação de oxigênio e foi intubado em uma UTI do hospital, onde permaneceu até o seu falecimento.

Em sua vida política, José Milton ocupou cargos de prestígio e destaque. Além de prefeito de Conselheiro Lafaiete, foi deputado estadual entre 1998 e 2006 e esteve próximo de se eleger como federal ao conquistar 60 mil votos. Também foi vereador em Catas Altas da Noruega, ocupou a presidência da Associação Mineira de Municípios (AMM), Associação dos Municípios do Alto Paraopeba (Amalpa), entre outras entidades

Como empresário, esteve à frente da José Milton Imóveis por 37 anos. Referência em seu setor, a empresa é responsável pela criação e urbanização de vários bairros da cidade. Nasceu na cidade de Barras, no Piauí. Tinha 63 anos, era advogado e casado com a endocrinologista Selma Rocha, ao lado de quem criou a Colônia dos Diabéticos (Fundação Casa). Ele deixa dois filhos. 

Amigos e entidades lamentam sua partida

A morte de José Milton foi lamentada pelo presidente da Associação Mineira de Municípios, Julvan Lacerda. “É uma perda muito grande. Ele era uma liderança muito importante”, disse. Prefeito de Conselheiro Lafaiete, Mário Marcus recebeu com tristeza a notícia do falecimento de José Milton: “Foi um grande cidadão e um grande amigo. Uma pessoa que muito contribuiu para o progresso de Lafaiete, tanto como grande empreendedor, como grande político, ocupando cargos de expressão, como prefeito de Lafaiete, deputado estadual e presidente da AMM”.

Em nota assinada pelo seu presidente, Cláudio Antônio Souza, e pelo secretário Executivo, Claudionei Nunes, a Amalpa manifestou seu pesar: “Neste momento, prestamos condolências aos familiares e amigos enlutados pela grande perda irreparável”. A academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafayette (ACLCL) divulgou uma nota de pesar: “Em virtude dos meritórios serviços prestados a esta municipalidade e seus cidadãos, a ACLCL outorgou-lhe, em 1999, o diploma da Ordem dos Construtores do Progresso de Conselheiro Lafaiete”, lembrou  o presidente Moises Mota.

 



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Juliana Monteiro, no dia 06/06/2021




Fonte