Início Esporte

ficha técnica, informações, tempo real

0

Essa é sua matéria grátis do dia. Assine agora e tenha acesso ilimitado.R$ 0,99 no 1º mês

Com mais uma atuação ruim, o Athletico perdeu para o Fluminense por 1 a 0, na Baixada, na tarde deste sábado (22), pela abertura da quinta rodada do Brasileirão. O gol foi contra do zagueiro Felipe Aguilar no primeiro tempo. O jogo marcou o retorno do atacante Walter, que não atuava desde novembro de 2018 e foi a terceira derrota seguida do Furacão, a segunda em casa — anteriormente, a equipe foi batida por Santos (3 a 1) e Palmeiras (1 a 0).

Com o resultado, o Athletico caiu para a sétima posição, com seis pontos, ultrapassado pelo próprio Fluminense, agora sexto colocado, com sete pontos — o Rubro-Negro pode perder mais posições com o decorrer da rodada. O Furacão volta a campo contra o São Paulo na quatra-feira (26), às 19h, no Morumbi, em partida adiantada da 11ª rodada.

Com mudanças no time titular, o Athletico teve dificuldades no primeiro tempo. O Furacão também não teve os auxiliares Lucas Silvestre e Eduardo Barros no banco de reservas devido a testes positivos para a Covid-19. O comando da equipe ficou por conta dos auxiliares Leonardo Porto e Paulo Miranda.

O Fluminense, por sua vez, esperou o Furacão e jogou nos contra-ataques. E, com a estratégica, o time carioca colheu frutos. Foram três gols marcados, dois deles anulados pelo VAR.

Aos 29 minutos, Luccas Claro mandou para a rede, mas o árbitro de vídeo marcou uma falta de Digão em cima de Richard no lance anterior. Depois, após cobrança de falta, o mesmo Luccas Claro marcou de cabeça, mas estava em posição de impedimento. O gol validado do Fluminense acabou vindo apenas contra de Felipe Aguilar. Aos 48′, após cruzamento da direita, o zagueiro tentou cortar de carrinho, mas mandou contra a própria meta.

Na etapa final, o Furacão tentou impor seu ritmo, mas novamente encontrou dificuldades para furar a defesa do Fluminense. O atacante Walter voltou a atuar, após 21 meses afastado. Mas, mesmo com o retorno do atacante, faltou força ofensiva e criatividade individual para o time atleticano voltar a vencer no Brasileirão.

Após um bom início na competição com duas vitórias, o Furacão decaiu. Já são três jogos sem vitórias, dois deles dentro de casa.

Ficha técnica de Athletico x Fluminense

Brasileirão
5ª rodada
22/8/2020
Athletico 0x1 Fluminense

Athletico
Santos; Khellven (Geuvânio), Felipe Aguilar, Pedro Henrique e Márcio Azevedo (Abner); Wellington, Léo Cittadini, Richard (Lucho Gonzalez) e Marquinhos Gabriel (Pedrinho); Vitinho e Vinicius Mingotti (Walter). Técnico: Leonardo Porto (interino).

Fluminense
Muriel; Calegari, Digão, Luccas Claro e Egídio; Dodi, Yuri (Yago Felipe) e Paulo Henrique Ganso; Luiz Henrique (Wellington Silva) e Marcos Paulo (Caio Paulista). Técnico: Odair Hellmann.

Gol: Felipe Aguilar (A, contra), aos 48/1º tempo.
Cartões amarelos: Léo Cittadini, Wellington, Pedro Henrique (A), Digão (F).
Local: Arena da Baixada, Curitiba.
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS).
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS).

Fonte