Início Esporte

Mikael completa um ano do primeiro gol como profissional – Esportes

0

O jovem atacante Mikael, do Sport, completa um ano de seu primeiro gol como atleta profissional nesta segunda-feira (8). Na época, o tento foi marcado quando ainda estava emprestado pela equipe do Confiança. O time sergipano bateu o Frei Paulistano pelo placar de 4 a 2 em partida válida pela Copa do Nordeste de 2020.

>Como o Sport está na briga para fugir da degola

– Lembro que foi um momento muito feliz para mim porque gostaria de ter marcado já na minha estreia. Mas logo no segundo jogo pude tirar esse peso das costas. Agradeço demais pelo tempo em que passei no Confiança. Foi uma trajetória muito boa e cheia de conquistas onde senti que pude evoluir bastante tanto como profissional, como quanto pessoa – contou.

No Dragão, Mikael disputou 18 jogos e marcou sete gols, tendo participação relevante na campanha do título sergipano de 2020. O atacante de apenas 21 anos retornou ao Sport a pedido da diretoria do clube e, logo no seu retorno, marcou um gol diante do Internacional na derrota por 5 a 3.De lá pra cá foram apenas mais 12 oportunidades no time, sempre entrando nos minutos finais, sendo a exceção foi na partida contra o Atlético-GO quando teve sua única chance como titular.

Apesar dos poucos minutos em campo, o atacante é o jogador do elenco que mais fez gols na temporada, com oito gols em 30 jogos. Essa ainda é a primeira temporada do jogador na carreira como profissional.

– Sou muito feliz em poder ajudar este clube que amo muito e sou extremamente grato. Fiz toda minha base aqui dentro, onde graças a Deus pude me destacar. Mas ainda espero poder ter mais chances na equipe profissional nessa reta final de campeonato para contribuir mais na busca por uma boa colocação na tabela – agregou.

Interesse do clube alemão

Recentemente, o empresário do jogador confirmou que chegou a receber sondagens de uma equipe da segunda divisão da Alemanha. A multa do atleta para transferências internacionais é de 10 milhões de euros (equivalente na atual cotação a R$ 64,7 milhões) e o contrato do jogador vai até o final de dezembro de 2021. Sendo assim, o jovem atacante poderia assinar um pré-contrato em julho, saindo de graça para qualquer outro clube após o fim do vínculo.

Informações do staff do jogador confirmaram que a negociação não foi concretizada por conta do encerramento da janela de transferências no dia 31 de janeiro, juntamente com o fechamento das fronteiras no exterior por conta das medidas protetivas quanto a proliferação do coronavírus. Entretanto, o Sport ainda mantém em aberto as tratativas.

Fonte