Início Esporte

Moradores de MS poderão conferir chuva de meteoros Geminídeas na segunda-feira

0

O ano está quase no fim, mas eventos astronômicos ainda devem acontecer neste mês de dezembro e poderão ser vistos no céu de Mato Grosso do Sul. Serão três fenômenos no céu: chuva de meteoros, eclipse solar e a conjunção de Júpiter e Saturno. O destaque é a chuva de meteoros Geminídeas, que acontece na madrugada de segunda-feira (14) e deve dar um espetáculo para quem observar o céu em MS.

Integrante da Rede Exoss, que monitora a ocorrência de meteoros, Giovanni Rescigno explica que a chuva de meteoros poderá ser vista a olho nu em Mato Grosso do Sul. O ‘pico’ do fenômeno está previsto para a madrugada de segunda-feira (14), mas a chuva já começa por volta das 23 horas de domingo (13). “Vai ser uma chuva espetacular, com bastante meteoros”, ressalta.

A boa notícia é que neste ano a lua não deve atrapalhar a observação, já que estará na fase de Lua Nova, estando 1% cheia. A única coisa que pode atrapalhar a visualização é a mudança no tempo. Para quem quiser ver a chuva de meteoros, a melhor forma é procurando um local escuro.

Confira as dicas para observação, segundo o grupo Exoss:

  • É muito importante conhecer sua posição, de início você precisa direcionar-se ao leste;
  • Elevando seu olhar você encontrará logo acima uma estrela brilhante, chamada Sirius, da constelação Cão Maior;
  • Observando a sua esquerda você encontrará as famosas três Marias (da esquerda para direita), Mintaka, Alnilam e Alnitak, da constelação Órion.
  • A partir das três Marias olhe próximo ao horizonte nas estrelas Castor e Pollux da constelação Gêmeos. O radiante está localizando ao lado esquerdo da estrela Castor.
Fonte: Exoss

Eclipse Solar

Também previsto para segunda-feira (14), o eclipse solar deve ocorrer por volta do meio-dia no Estado. Giovanni explica que é preciso tomar cuidado, não se deve olhar diretamente para o sol.

Em alguns países da América do Sul o eclipse será total, porém em Mato Grosso do Sul o sol estará encoberto de 20% a 30%.

Conjunção de Júpiter e Saturno

No dia 21 de dezembro, há outro evento especial, que é a conjunção dos planetas Júpiter e Saturno, que deve acontecer após o pôr do sol. O alinhamento dos planetas com a Terra é considerado relativamente raro e esta será a menor aproximação entre os planetas Saturno e Júpiter em cerca de 800 anos.

Moradores de MS poderão conferir chuva de meteoros Geminídeas na segunda-feira

Fonte