Início Esporte

“Não há tempo para lamentações”, diz Autuori após eliminação do Athletico

0

Após a eliminação do Athletico na Copa do Brasil, nessa quarta-feira (4), na derrota para o Flamengo, no Maracanã, o técnico Paulo Autuori enfatizou que o time não pode se deixar abalar com a despedida precoce na competição.

Essa é sua matéria grátis do dia. Assine agora e tenha acesso ilimitado.R$ 0,99 no 1º mês

O Rubro-Negro tem pela frente o desafio de sair da vice-lanterna do Brasileirão e fugir do rebaixamento no segundo turno da disputa. O Furacão tem apenas 16 pontos somados e não vence há 11 partidas na temporada.

“Não há tempo para lamentações, temos que pensar no jogo de sábado (7). A partida diante do Fortaleza é extremamente importante, é o começo do returno”, afirmou, referindo-se ao compromisso na Arena da Baixada, pela 20ª rodada da Série A.

Para tentar iniciar essa recuperação, Autuori espera poder contar com dois importantes reforços: o meia Léo Cittadini e o meia-atacante Nikão, que ficaram fora do jogo contra o Flamengo. Os atletas não viajaram ao Rio de Janeiro, pois foram vetados pelo departamento médico.

“Os jogadores estavam com pré-disposição a uma lesão e com risco de agravar mais a situação. Não vieram porque não puderam vir mesmo. Vamos esperar que tenham condições de jogo”, esclareceu.

Outros jogadores ainda passarão por avaliação física, caso do atacante Walter, que estava escalado entre os titulares, mas sentiu uma dor na lombar e foi vetado da partida instantes antes do duelo no Maracanã. O volante Lucho González iniciou o jogo, mas saiu com dores. O zagueiro Thiago Heleno também deixou o gramado sentindo dores musculares.

“São situação que não tem a ver apenas conosco, mas com a quantidade de jogos e espaço entre as partidas. Fica impossível termos uma recuperação adequada. Vamos tentar recuperar jogadores e focar nesse jogo que é muito importante para nós”, arrematou.

Fonte