Início Esporte

Para fazer com que filha retorne para casa, mãe cria “vaquinha” na internet – Direto das Ruas

0
Ana Clara, de um ano, respirando com ajuda de aparelhos (Foto: Direto das Ruas)

Com um ano e três meses de idade, Ana Clara veio ao mundo em “parto induzido” em 27 de agosto do ano passado. Esse processo abrupto fez com que ela ficasse com algumas sequelas e tivesse de permanecer internada respirando por aparelhos durante seis meses. Há cerca de um mês, seu quadro clínico piorou e despendeu muito dinheiro da família, que arcou com procedimentos médicos e medicações caras.

A mãe, de 18 anos, agora organiza uma “vaquinha” em plataforma digital para angariar recursos para poder manter o tratamento da filha. “Ana não tem um diagnóstico fechado e os médicos ainda não descobriram o que ela tem”, diz ela em publicação.

Devido ao risco de ter paradas respiratórias, a menina só vai poder retornar para casa quando tiver um respirador portátil, da marca Trilogy, e de um aspirador de secreção – o valor dos aparelhos fica em R$ 74 mil.

Junto ao marido, de 20 anos, o casal pede para que interessados em ajudar contribuam com qualquer quantia em dinheiro, por meio do link. Ela também disponibiliza telefone de contato para mais informações, no número (67) 99137-4761.

Meu esposo trabalha de serviços gerais, tem 20 anos, e nós amamos muito nossa filha e fazemos o possível e o impossível para ver ela vivendo confortavelmente. Graças a Deus, recebemos muita ajuda para manter sua alimentação especial e as medicações. Tivemos várias outras internações e levamos muitos sustos. Cuidar da minha filha mudou nossa rotina e se tornou nosso motivo de viver”.

Fonte