Início Esporte

Rastreio de remédios jogados em córrego levará meses, diz Sesau – Capital

0
Caixas de remédio jogadas às margens de córrego sem rastreio. (Foto: Paulo Francis / Arquivo)

Os remédios jogados às margens do Córrego Lageado, na Avenida Evelina Silingardi, e recolhidos pela Vigilância Sanitária na última terça-feira (3), ainda não tem identificação de onde saiu. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou hoje, por meio de nota, que o rastreio dos medicamentos deve levar meses.

Segundo a Sesau, a demora para checagem de onde os remédios saíram é por conta da identificação de todos os compradores de cada lote de remédio jogado. A partir dos dados, será feito um cruzamento de dados para encontrar um comprador comum entre todos os lotes.

Os remédios foram jogados de cima da ponte sobre o córrego no último sábado. Centenas de caixas espalhadas às margens do córrego. A maioria dos remédios são de uso controlado, tarja preta e vermelha. Entre os medicamentos estavam Nitazoxanida, Alprozalam, Clobazam, Nitazoxanida, Hemitartarato de Zolpidem e até Sulfato de Morfina.

Havia caixas lacradas e com prazos de validade para 2021. A secretaria informou que o responsável pode sofrer multa de R$ 100 a R$ 15 mil. Não há previsão de encontrar o culpado.

Remédios tarja preta entre as caixas. (Foto: Paulo Francis / Arquivo)
Remédios tarja preta entre as caixas. (Foto: Paulo Francis / Arquivo)

Fonte