Início Esporte

Sábado tem calor ‘recorde’ em MS com temperatura de 42ºC; veja as cidades mais quentes

0

Este sábado (26) foi um dos dias mais quentes do ano até agora em Mato Grosso do Sul. As temperaturas ultrapassaram os 40ºC em vários municípios, conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

A campeã do calor foi Corumbá, que teve termômetros alcançando os 42,1ºC. Na Cidade Branca, a umidade relativa do ar chegou a 13,9%. Outros municípios que registraram mais de 40ºC foram: Água Cara (41,8ºC), Coxim (41,2ºC), Porto Murtinho (41ºC) e Ribas do Rio Pardo (40,3ºC).

Em Campo Grande, a estação do Inmet indica que os termômetros marcaram 38,8ºC, com umidade relativa do ar em 14%. A OMS (Organização Mundial da Saúde) considera o índice crítico. Além disso, é semelhante ao registrado no deserto do Saara, na África, que tem entre 10% e 15% de vapor de água no ar.

Nada de chuva…

Natálio Abraão informou que não há previsão de chuva em MS até o dia 3 de outubro. Ainda conforme o especialista, a umidade do ar pode alcançar os 12% no estado. Mudança nesse cenário é esperada apenas para depois dessa data.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), índices de umidade relativa do ar entre 20% e 30% caracterizam estado de atenção.

Então, alguns cuidados são necessários. Veja os principais:

  • Evitar exposição prolongada ao sol durante os horários de maior calor (das 12h às 16h).
  • Fazer a ingestão de bastante líquido.
  • Fazer o uso de roupas leves quando a temperatura estiver acima de 28°C.
  • Evitar choques térmicos.
  • Evitar fazer grandes esforços físicos.
  • Fazer o uso de filtro solar para evitar o câncer de pele e, para evitar o ressecamento da pele evite tomar banho em águas com temperaturas muito elevadas.
  • Caso apresente algum sintoma de doenças respiratórias, que são comuns nesse período, procure auxílio médico para tratá-la imediatamente. O melhor exemplo é a rinite alérgica, a asma, bronquite, entre outras.
Sábado tem calor 'recorde' em MS com temperatura de 42ºC; veja as cidades mais quentes

Fonte