Início Política

Sergio Rocha: “A prioridade é gerar empregos” – Política

0



Vereador Sergio Rocha (PTB). Foto: Divulgação

 

O comerciante Sergio Alves Rocha (PTB), de 57 anos, recebeu 1.291 votos nas Eleição 2020 e está iniciando, em 2021, seu terceiro mandato como vereador na Câmara Municipal de São Carlos. Em entrevista concedida ao ACidade ON São Carlos, que faz parte de uma série do jornal com os 21 vereadores eleitos na cidade, o parlamentar disse que vai continuar lutando para ajudar os comerciantes: “É o meu objetivo. Sou comerciante já faz 15 anos na cidade de São Carlos, hoje eu tenho uma empresa com 16 funcionários e a cada ano que passa a gente cresce um pouquinho. Meu objetivo é ajudar os comerciantes, procurar apoiar o nosso comércio e a indústria também. A cidade de São Carlos tem que pensar em geração de empregos e criar novos parques industriais em nossa cidade”. 

Para tentar colaborar com o crescimento econômico da cidade, Sergio Rocha disse que vem cobrando a prefeitura para melhorar a infraestrutura do Distrito Industrial da cidade. “O Parque Industrial que nós temos está abandonado, não tem asfalto, não tem calçada, é só mato. E a gente vê que o poder público não está nem um pouco preocupado em gerar empregos aqui em São Carlos”. 

“Eu tenho sempre cobrado do nosso secretário de obras, do secretário de serviços públicos e do nosso prefeito o asfalto no Parque São José (…) é um local importante, onde tem centenas de indústrias, gera milhares de empregos e está praticamente abandonado em nossa cidade”, complementou.

Questionado sobre quais devem ser os grandes desafios de São Carlos para os próximos anos, o vereador disse que, além de tentar atrair novas indústrias para a cidade e gerar empregos, é necessário construir mais creches e escolas municipais. 

Em relação ao problema das enchentes, Sergio Rocha disse que é algo muito difícil de resolver. “É um problema crônico, que não se resolve de um dia para o outro. É um negócio muito difícil resolver o problema das enchentes na cidade de São Carlos. Tem que tentar amenizar: fazer piscinão na cabeceira do rio, tentar fazer um trabalho de limpeza das bocas de lobo, que andam sujas (…) mas enchente na cidade de São Carlos sempre vai ter”.  

Para ajudar os comerciantes que sofrem prejuízos anualmente com as enchentes, o vereador disse que teve uma lei aprovada para conceder isenção ou remissão no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). 

Nova Câmara Municipal

Questionado sobre a necessidade de construir um novo prédio para a Câmara Municipal, ideia defendida pelo atual presidente Roselei Françoso (MDB), o vereador respondeu que não é momento certo para isso. “Agora não é o momento de você falar em construir prédio de Câmara na cidade de São Carlos”. 

No entanto, concordou que é uma necessidade para um futuro próximo. “É um prédio antigo, apertado e sem condições de continuar com essa Câmara no futuro, mas agora não é o momento de pensar nisso. A gente tem que priorizar os recursos para outras situações”, afirmou o vereador.  

Câmara Municipal de São Carlos. Foto: Divulgação

Confira algumas curiosidades sobre Sergio Rocha:

Um ídolo?

Jair Messias Bolsonaro, presidente do Brasil. 

Time do coração?

Santos Futebol Clube 

Um livro de cabeceira?

Bíblia 

Estilo musical?

Sertanejo 

Em uma palavra, no seu mandato como vereador não vai faltar?

Honestidade

Perfil 

Sergio Alves Rocha está em seu segundo mandato como vereador em São Carlos, foi eleito pela primeira vez em 2012 e reeleito em 2016. No domingo (15) recebeu 1.291 votos e foi reeleito para iniciar o seu terceiro mandato a partir de 2021. 

Natural de Jandaia do Sul (PR), onde também foi vereador na Legislatura de 2001 a 2004, o político se mudou para São Carlos em 2006, onde estabeleceu sua microempresa no ramo de marcenaria no Jardim Cruzeiro do Sul. 

Aos 57 anos, casado e pai de quatro filhos, Sergio já foi presidente da Associação Beneficente da Assembleia de Deus em São Carlos – ABADESC por duas gestões e sua atuação é marcada pela valorização da família, o fortalecimento da indústria, do comércio e da agricultura local. 

Segundo dados disponíveis no site da Câmara Municipal, em seus dois mandatos na cidade, o parlamentar apresentou 19 projetos de lei, 61 requerimentos, um projeto de decreto, 110 moções e 97 indicações. 

Leia também:  

– Câmara e Ciesp discutem desenvolvimento econômico de São Carlos 

– Vereador pede abertura de CPI da Saúde e chama secretário de despreparado 

– TJ derruba leis que garantiam 14º, “salário esposa” e prêmio assiduidade em São Carlos

Fonte