Início Esporte

técnico vê recuperação emocional contra o Sampaio Corrêa

0

Apesar de ver o Paraná estender para seis jogos a sequência sem vitória na Série B, o técnico Allan Aal acredita que o empate sem gol com o Sampaio Corrêa, nesse domingo (18), na Vila Capanema, trouxe um aspecto positivo. Na visão do comandante, o grupo paranista recuperou o espírito de competitividade ausente nas últimas rodadas – especialmente na goleada sofrida para o CSA.

Essa é sua matéria grátis do dia. Assine agora e tenha acesso ilimitado.R$ 0,99 no 1º mês

“O mais preocupante era o emocional, ter equilíbrio. No fim da partida, na conversa de vestiário, os jogadores viram que aquilo que aconteceu [derrota o CSA por 4 a 0] foi um ponto fora da curva. Temos que seguir confiando, aprimorar os pequenos detalhes, que são o que vai nos fazer converter em gol”, declarou o treinador, que admitiu ter lidado com o baque do resultado negativo anterior durante toda a semana.

Desde que derrotou o CRB, em 14 de setembro, o Tricolor empatou quatro vezes (Brasil-RS, Chapecoense, Náutico e Sampaio) e perdeu outras duas (Botafogo-SP e CSA). Sem nem sequer balançar a rede nas últimas quatro rodadas, o time estacionou na tabela de classificação e deixou o G4.

Os últimos 20 minutos de partida, dominados pelo Paraná segundo o técnico, provariam que a equipe recuperou a confiança.

“O fim do jogo mostrou isso. Principalmente entre eles [jogadores]. Mesmo não tendo os resultados que esperávamos nas últimas rodadas, eles viram que a gente não deve para nenhuma equipe”, afirmou, destacando que no começo do duelo essa busca pela redenção causou efeito inverso. “Sofremos muito no início do jogo porque queríamos dar logo essa resposta. Erramos em algumas tomadas de decisão que poderiam ter se convertido em situações mais claras de gol”.

A partir da recuperação do controle emocional, Aal viu o time voltar a ter mais confiança, ter maior domínio das ações em campo, e se impor ofensivamente. É o que ele espera ter resgatado para a sequência da competição.

Na próxima quarta-feira (21), às 21 h, a chance de recuperação vem com o sarrafo alto. O adversário é o líder Cuiabá, fora de casa.

Fonte